.

domingo, 13 de abril de 2014

dói.


Odeio, odeio mesmo o meu corpo. Sinto vergonha dele. Odeio engordar. Odeio pesar-me. Odeio ter o que tenho. Devia ser grata, mas como posso ser, se quem mais amo me põe para baixo mesmo sem intenção? Eu sei que sou gordinha, que tenho que emagrecer, mas não é fácil. 'Vai buscar x lá cima, não és tu que queres andar? também és mais gordinha.' , que aperto, que dor..

5 comentários:

Andreia Morais disse...

Dói muito ouvir essas coisas. Às vezes não é mesmo por mal, mas o impacto que as palavras têm em nós é imenso, porque a confiança e segurança no nosso corpo já não é muita. Entendo bem essa dor :/

Força! Tu és linda, nunca deixes que te digam o contrário <3 *

Andreia Morais disse...

Pois canta :) e a música está mesmo linda!
E fica sempre mais difícil fingir que está tudo bem. Obrigada, minha querida! Temos que ser capazes de agarrar nisso e tornar numa motivação para algo a que nos propusermos, por mais difícil que seja. Tu também <3

Cláudia * disse...

Eu sei que dói ouvir esse tipo de coisas mas há que levantar a cabeça e continuar. Força :)

Cláudia * disse...

De nada :)

catiag disse...

tu andas a escrever muito daquilo que sinto e me apetece escrever , mas tenho vergonha *