.

sexta-feira, 6 de junho de 2014

eat less.


Sabes quando olhas a tua volta e tudo parece ser bonito, menos tu? Sabes quando ves aquelas meninas com corpo danone, e ficas a pensar 'como eu queria ter um corpo assim'. Sabes quando vais a praia, e ficas sempre de t-shirt porque tens vergonha do teu corpo? Sabes o que é pessoas da tua família em vez de te chamarem pelo nome , chamarem por 'a gorda'. Sabes o que é ir ao super mercado e ter vergonha de comprar alguma guloseima, mesmo sabendo que tu é que vais pagar? Sabes o que é estar de vestido ou saia, passar pelas pessoas e baixar a cabeça porque ficas a pensar que estão a olhar para tuas pernas com celulite? Tudo isso parece fácil de se lidar, pois existe casos muitos mais difíceis do que ser gorda. Aliás para vós, ser gorda é 'não comessem', 'são gordos porque querem', 'existe ginásios'.Falam assim porque não são vós que têm que levar com esse preconceito, preconceito este que vós têm pelas pessoas que têm mais peso. Esqueces-te que o peso são só números, e que por dentro todos têm coração. É preciso gostar de nós como somos, concordo, mas ser criticada constantemente pelo peso, não tem como gostar de nós próprios. É difícil e dói para caralho.



3 comentários:

Cláudia S. Reis disse...

Mesmo não sendo muito gorda tenho peso a mais e já passei por isso tudo. Principalmente pela parte de ir comprar uma guloseima e ter vergonha. Mas, acredita, com força de vontade consegue-se tudo o que se quer!

r: Obrigada pelo apoio querida ♥

Andreia Morais disse...

Identifiquei-me tanto, mas tanto com este texto (menos com a parte de ter a família a tratar-me por "a gorda"). Não é fácil e há dias em que a nossa auto-estima parece andar mesmo a arrastar-se. E dói ainda mais quando as pessoas se esquecem que continuamos a ter sentimentos

Sarafaela disse...

Obrigada querida, mas a força de vontade ainda não chegou :c