.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

se tudo fácil..


Sinto-me como se eu fosse inútil. Perguntas essas que só o tempo dirá. Que mal é que eu te fiz para merecer tudo isso? Logo eu que sempre fiz de tudo por ti. Tratas-me como se eu fosse alguém que tu nunca conheceste. Só precisas de mim quando não está mais alguém para aturar as tuas manias. Porque não és sincero de uma vez só comigo? Porque não dizes-me que não queres mais saber de mim? Porque dás-me esperanças se só sabes tratar-me mal? Já não basta perder tudo o que tinha para perder também a pessoa que tu eras? Ou estás apenas a revelar-te? Foste a pessoa que mais demonstrou amar-me e do dia para a noite esqueceste o que eu sou e o que eu fui para ti? Esqueceste-te que nós já fomos muito felizes, que fomos como marido e mulher,como tiveste coragem de deixar tudo isso de lado, só para teres de novo os teus amigos todos os dias por perto? Amigos esses que nunca nos quiseram juntos,e mesmo assim eles são mais importantes que tudo na tua vida. Já para não falar que passas horas no facebook, a conhecer outras mulheres e esqueceste até que eu existo. Trocas-me por tudo e por todos. Já paras-te para pensar, que nunca em ocasião nenhuma, eu meti algo à tua frente? Tu sempre foste minha prioridade. Também senão te procuro, tu não me procuras, e sabes há quantos meses estamos nisso? Pois, eu aprendi da pior forma que tu não és a mesma pessoa. Já consegues viver muito bem sem mim. Eu ainda sinto-me presa em ti,e não há um dia que não tenha vontade de falar contigo, estar contigo, amar-te...
São essas palavras que eu queria dizer-te, mas nem tempo para ler as minhas mensagens tu tens. A rapariga que tu achavas chata, com ciúmes de tudo, que procurava-te todos os dias,afastou-se para sempre de ti. Quem sabe um dia, quando eu já superar a tua perda, tu venhas falar-me, pedir para estar de novo nos teus braços...Deus queira que já não seja tarde demais, porque aí sim irás saber o verdadeiro significado de ARREPENDIMENTO.
É esta a minha carta de despedida para ti. 

2 comentários:

Andreia Morais disse...

Não te merece, o melhor mesmo que tens a fazer é afastares-te.
Força!

Inês Almeida disse...

Os teus últimos post's estão carregadinhos de sentimentos negativos.
Sei o que isso é, nunca passei exatamente igual a ti, mas já passei por semelhante e só Deus e nós sabemos o que é ter de aguentar todos os sentimentos de revolta, e confusão dentro de nós. Como disseste, acho mesmo que devias de tentar seguir em frente. Alguém que nos ilude, nunca será de confiança mesmo. Por muito apegada a memórias e a ele, tens que te libertar. Afinal és uma mulher, e pareces-me ser bastante carismática. Tenho a certeza, que se quiseres mesmo mesmo consegues!! Aproveita para estar com os amigos, e conhecer gente nova. E se ele te ignora, dá-lhe na mesma moeda! Beijinhos e as melhoras!!