.

quinta-feira, 11 de junho de 2015

vai embora.



Impressionante, quando estou a esquecer-te, tu voltas com esse teu jeitinho querendo de novo apenas iludir-me. Trataste-me tão mal, e só ao fim de duas semanas é que consegui enviar-te uma mensagem.
'Olá, eu finalmente consegui o que tanto me pediste, eu esqueci-te. Quando quiseres estou disposta a ser de novo tua amiga. Que Deus tudo de bom, tu mereces rapaz. Beijos.'
Sem hesitar tu me respondeste a desejar o mesmo, e logo de seguida, envias-me uma nova mensagem a pedir para estarmos juntos, mas porquê? Não queres saber de mim, mas quando sentes que me perdeste, tu recuas, mas porquê? Eu sei e tenho noção que tu és um caso perdido, na qual eu não quero correr de novo riscos, riscos esses que só me trouxeram lágrimas, portanto deixa-me ir, e por favor não me fales, nem me olhes mais daquele jeito, porque eu não resisto. Meu coração não aguenta com o teu sorriso. 
Estou conhecendo outra pessoa, e olha só não consigo entregar-me porque tu deixaste marcas profundas em mim, mas de uma coisa eu garanto-te, eu estou mesmo a seguir a minha vida. Não vou mais beijar-te os pés e ainda cuspires em cima. Por favor deixa-me ir.

4 comentários:

Andreia Morais disse...

Precisa de existir um corte definitivo, porque de outra forma será mais difícil seguires em frente. Força!

Liliana Albergaria disse...

Sei bem o que estás a sentir. É difícil querermos fechar uma porta, quando a outra pessoa é quem tem a chave :/

Denise disse...

Gostei muito :)
Tens que ter a coragem de ser tu a ir embora, ele é egoísta o suficiente para saber que te magoa e ainda assim não te deixa em paz. Já estive no mesmo lugar que tu, acredita e foi horrível! Demorei 2 anos a tira-lo da cabeça porque ele não deixava. Felizmente houve um abraço que me salvou, os braços daquele que é o homem da minha vida, e também tu vais encontrar o teu, alguém que te mereça mesmo!
Gostava de te seguir, se puderes abre o link dos seguidores.

Um abraço

Ísis disse...

Espero que já estejas bem querida!